Projetinhos de decoração: customizando móveis.

ElefanteEra uma vez um antigo aparador de madeira escura, esquecido em uma varanda, molhando com a chuva, passando frio e calor… até que um dia, graças a um elefante colorido, ele ganhou status de mobília da casa, ocupando lugar de destaque no corredor!
Toda toca tem um caso assim, de uma escrivaninha, cadeira, criado mudo, sapateira… todos esperando a vez de serem repaginados e ganharem o destaque que merecem.
Este post é para você se inspirar e sair por ai, na sua toca, olhando tudo e imaginando como ficará depois que você customizar cadeiras, mesas, banquinhos, armários…

Com materiais baratos, paciência e um toque de ousadia podemos recriar tudo, gastando pouco, aproveitando o que já temos  e de quebra relaxando a mente com a prática de DIY = faça você mesmo!

Para customizar o antigo aparador eu usei:

  • lixa para madeira;
  • massa corrida;
  • 1 galão de tinta acrílica branco fosco;
  • bisnagas de corantes na cor amarelo, vermelho e azul;
  • 1 lata pequena de verniz fosco para madeira;
  • gravura de elefante indiano impressa em papel couché;
  • retângulo de vidro na medida da base, com 5 mm de espessura.

 

Passo a passo:

  1. É necessário lixar bem todo o móvel para alinhar a superfície. Se houver falhas na madeira, passe a massa corrida e apos secar, lixe nivelando;
  2. Após lixar limpe a superfície com um pano úmido removendo todo o pó;
  3. Dê duas demãos de tinta branca, aguardando o intervalo de 4 horas entre uma pintura e outra, preparando a superfície para receber as cores escolhidas para pintura customizada;
  4. Feito isso, após a secagem completa comece a trabalhar no móvel. Se você for marinheiro de primeira viagem, meu conselho é para escolher no máximo duas cores para a pintura; mas se já tiver alguma habilidade, comece pela cor de fundo e vá distribuindo as outras, sempre aguardando a secagem para não manchar a pintura;
  5. No caso do aparador, a inspiração para a escolha das cores foi a gravura de elefante e trabalhei com 4 cores: azul royal para o fundo, azul turquesa para o entorno da gravura, laranja e rosa intenso, para gaveta e entalhes;
  6. Fiz as misturas usando as bisnagas corantes na cor azul, vermelho e amarelo (cores primárias), sempre adicionando o branco para suavizar o tom e criar nuances e observando as regras da colorimetria (Estrela de Oswald);
  7. E como fazer para obter as cores desejadas? Misturando por exemplo o vermelho com o azul, a cor formada (entre os dois tons) são tons de violeta e roxo; do azul com amarelo conseguimos os tons de verde, etc;

estrela-de-oswald

  1. Após pintar todo o móvel eu impermeabilizei a pintura com uma camada de verniz;
  2. Colei com cola plástica a figura do elefante no centro e passei uma camada de cola diluída em água por cima para impermeabilizar a gravura. Depois coloquei o retângulo de vidro por cima da base, para proteger e dar um acabamento sofisticado ao conjunto.


  setas           O antes e depois da base do aparador com vidro.

13050033 mesa

 Lampada
E tem muitas idéias para você “pintar o 7” na toca!

 

Mini

 Trabalhando com cores contrastantes você pode cria efeitos surpreendentes! 

 

il_570xN.572988559_pdg4   cadeira

 

 ♥ As pinturas monocromáticas são mais fáceis de fazer e o efeito é mais delicado.

0,,53134212-EXH,00

casa-claudia-agosto-moveis-antigos-alta-60-04

Dependendo da cor escolhida você cria vários estilos, compondo ambientes. Os tons claros por exemplo,  ficam lindos em ambientes  íntimos  como quartos, dando um toque de aconchego na decoração!

Então é isso pessoal…
No próximo post sobre decoração vamos ver outras técnicas para repaginar e estilizar seu espaço, porque vamos combinar, não tem nada como chegar em casa e ser rodeada por mimos e caprichos espalhados pela toca!unnamed (10)

Psiu! E se você curtiu  meu elefante indiano e quiser aproveitá-lo em um quadro, abajur, capa de agenda ou outras idéias, pode baixar a figura aqui.

Leave a Comment